sexta-feira, 1 de outubro de 2010

9 dias: TPM - Tensão pré-matrimônio, ou TPN - Tensão pré-nupcial! Tanto Faz...

Genteeeeee com certeza isso existe e eu to surtando com isso.
Até ontem eu estava bem e me controlando. Calminha mesmo!
Mas ontem, o noivo com cara feia o tempo todo e os maiores gastos do casório chegando! Ele surtou, e eu aguentei só um pouquinho... mas surtei também. Pronto, ela chegou, e veio com tudo! Agora preciso muitooo do meu dia de noiva. CHEGA LOGOOOO!!!!!!

Leiam:

RIO - O estresse que atinge as mulheres e seus amados antes do casamento virou objeto de estudo. A TPN - tensão pré-nupcial - tornou-se quase tão comum que a psicóloga Karen Carmargo realizou uma pesquisa para tentar entendê-la melhor. Segundo a terapeuta, a expectativa pelo casório gera uma dupla ansiedade: pela mudança que a união implicará, pelos preparativos da festa e pela organização da nova casa. ( Leia mais: Duas noivas à beira de um ataque de nervos )

- O casamento significa uma mudança de vida importante. É uma ruptura. E como toda ruptura familiar gera ansiedade e acirra conflitos - explica Karen, que há dois anos se dedica a pesquisar o tema a partir de observação em sua clínica. - Naquele momento, havia pacientes com um perfil muito semelhante. Elas iam se casar e viviam situações muito parecidas.

A partir daí, ela passou a participar de eventos e feiras destinados a noivas e a aplicar questionários. Pelas respostas, a psicóloga encontrou diferenças na tensão vivida pelos homens e pelas mulheres. ( Conheça estratégia para aliviar a tensão. )

- As mulheres enfrentam a ansiedade, gerada pela expectativa em relação à nova vida e à organização da festa; o estresse, provocado pelo acúmulo do trabalho e dos preparativos para o dia; e a tristeza, um sentimento ambivalente causado pela saída da casa dos pais - diz.

Para os rapazes, a preocupação maior é com dinheiro e com a administração de conflitos:

- Eles ficam ansiosos porque temem não ter condições de manter a nova família e as contas assumidas para a realização da festa e da montagem da casa nova. Além disso, os homens tentam administrar os conflitos que surgem entre as famílias.

Segundo Karen, toda a família pode ajudar a reduzir os níveis de TPN dos noivos. Basta ter a compreensão de que aquele é um momento especial e difícil.

- Algumas mães dizem que a filha está tendo chilique. Ela não está tendo um chilique, está realmente precisando de apoio. A ruptura gera questionamentos conflituosos.

Fonte: Tatiana Clébicar - O Globo Online



3 comentários:

O Casamento da Taty disse...

Ahhh gatona ^^ sempre venho aqui mais não comento mais hoje resolvi passar aqui para lhe desejar felicidades tudo de bom pois é uma etapa maravilhoza em nossas vidas Bejos!!

Paty Lenny disse...

Obrigada.
Bjokas!

Paty Lenny disse...

Obrigada.
Bjokas!